Aposentadoria por tempo de contribuição

A aposentadoria por tempo de contribuição é direito do trabalhador que completar 30 anos de trabalho com contribuição, portanto, é preciso comprovar que o homem teve o total de 35 anos de contribuição, e 30 anos de contribuição, se mulher.

Regra geral (tempo de contribuição completo)

  • 35 anos de contribuição (homem).
  • 30 anos de contribuição (mulher).
  • 180 meses efetivamente trabalhados, para efeito de carência.

Regra transitória (tempo de contribuição proporcional)

  • Idade mínima de 48 anos (mulher) e 53 anos (homem).
  • Tempo total de contribuição.
  • 25 anos de contribuição + adicional (mulher).
  • 30 anos de contribuição + adicional (homem).
  • 180 meses trabalhados para efeito de carência.

Regras da Fórmula 85/95 para aposentadoria

Ao aposentar o segurado terá que fazer o cálculo levando em consideração o número de pontos alcançados somando a idade e o tempo de contribuição do segurado da Regra 85/95 Progressiva.

  • Consulte a Tabela INSS 2019

Com os pontos alcançados será possível ter o benefício integral, sem aplicar o fator previdenciário. Através desta progressiva é possível chegar aos pontos para obter a aposentadoria conforme a expectativa.

Diante disso, até dezembro 2016 para aposentar com tempo de contribuição sem incidência do fator, o segurado terá de somar 85 pontos, se mulher, e 95 pontos, se homem. Já em 2017 será utilizado o fator previdenciário, a soma da idade e do tempo de contribuição terá de ser 86, se mulher, e 96, se homem, sendo assim, isto foi escalado até 2022 quando a soma para as mulheres deve chegar em 90 pontos e 100 para os homens.

Aprenda mais sobre o SALWEB

De qualquer forma é preciso frisar que para ter direito à aposentadoria por tempo de contribuição, os segurados da Previdência Social precisam ter 30 anos de contribuição, no caso das mulheres, e 35 anos, no caso dos homens, pois esta regra é somente uma opção de cálculo, que permite afastar a aplicação do Fator Previdenciário. Diante disso, caso ela deseja aposentar antes de completar a soma dos pontos, ela poderá, mas deve haver aplicação do fator previdenciário e como consequência redução no valor do benefício.

Documentos necessários

Deve apresentar um documento de identificação com foto e o número do CPF. Documentos relacionados aos períodos trabalhados, tais como Carteira de Trabalho, Carnês de Contribuição.

Dúvidas

Em caso de dúvidas, ligue para a Central de Atendimento do INSS 2019 pelo telefone 135. O serviço está disponível de segunda a sábado das 7h às 22h (horário de Brasília). O atendimento da Previdência Social é simples, gratuito e dispensa intermediários.

Isenção e Redução da Taxa de Inscrição do Vestibular

Para quem deseja prestar vestibular para uma boa faculdade, mas não possui condições financeiras tão favoráveis, anime-se! O Vestibular CEDERJ 2019 continua com suas inscrições abertas para aqueles que não têm condições de arcar com a taxa de inscrição.

A solicitação de isenção total ou redução da taxa de inscrição para o vestibular pode ser realizada através do site www.CEDERJ.br. A inscrição teve início em 10 de junho de 2018 e finaliza-se em 02 de agosto de 2018, por isso, aos atrasados, ainda dá tempo.

Para solicitar a isenção ou redução da taxa de inscrição, é necessário que o candidato se enquadre ao perfil exigido. Entre as exigências feitas aos candidatos estão: ter cursado o ensino médio em escola pública e possuir renda familiar inferior ao estipulado pela Superintendência de Assistência Social da Universidade de São Paulo (SAS/USP).

Para conferir mais informações, acesse o site da CEDERJ. Boa sorte!

Vestibular CEDERJ 2019 Provas no próximo domingo

No próximo dia 24 será realizada a prova da primeira fase para o vestibular 2019. Ao todo são cento e trinta e quatro escolas participantes sendo que sessenta e oito delas estão localizadas na região metropolitana de São Paulo e sessenta e seis são do interior.

No total foi registrado um número de 172.037 inscritos, que foi considerado um recorde onde ultrapassou o ano de 2006 que tinha a marca de 170,4 mil inscritos. Às treze horas em ponto as provas terão início e como de costume, nem mesmo um simples atraso de apenas um minuto não será tolerado.

É necessário que os inscritos se certifiquem do local exato da prova e compareçam um dia antes – se possível – para checar a lista disponível com as informações importantes e outros detalhes para evitar possíveis contratempos que possam causar a triste eliminação da prova.

Os candidatos terão cinco horas (exatas) para responder as noventa questões e esse tempo não haverá adicional. O gabarito será divulgado a partir das 19:30 horário de Brasília. Aparelhos celulares não são bem-vindos mesmo que eles sejam desligados já que nãos era permitido manipular qualquer dispositivo de comunicação ou entretenimento em qualquer área do prédio.

É imprescindível portar caneta esferográfica somente nas cores Azul ou Preta, um bom lápis nro 2 e a borracha preferencialmente lisa (com o mínimo de informações contida, como logotipos ou outros por exemplo). No dia 16 de dezembro será feita a divulgação do resultado da primeira fase no site da CEDERJ e nos dias 5, 6 e 7 de Janeiro serão realizadas as provas da segunda fase.

As disciplinas como sempre são: português (com foco na redação), matemática (conhecimentos gerais de segundo grau), física (conteúdo considerado básico), química, biologia, história, geografia e inglês (nível básico) além de outras categorias como atualidades em geral. Os portões terão abertura a partir das 12:30 hs.

Saiba como pagar o Imposto no RS

O Governo do Estado do Rio Grande do Sul está daqui a pouco a alastrar, dessa maneira como realizar todos os anos, a tabela de pagamento IPVA 2019 RS. E com isto milhares de motoristas e proprietários de veículos automotores já estão se preparando para corporificar o pagamento dos tributos relativos a aquisição de um automóvel.

Porém, é fundamental constantemente destacar que deixar de pagar o imposto conseguirá acabar em uma série de resultados legais para o amo. Deixar de pagar o IPVA RS impedirá que o condutor realize a alíquota de afastamento anual, o que implicará no impedimento de andar com este veículo sem correr o perigo de sentir multas ou, até inclusive, despossar pontos na carteira.

Para aclarar todas as suas possíveis dúvidas sobre o IPVA 2019 Rio Grande do Sul, separamos uma série de informações essenciais a respeito desse imposto. Continue lendo para entender mais!

Detran IPVA Rio Grande do Sul 2019

O Imposto sobre a Casa de Veículos Automotores é um imposto estadual cobrado pelo Quantidade Executivo, belzebu seu único propósito é reforçar a armazém estadual. A arrecadação do vencimento IPVA RS incide sob todos aqueles que possuírem em seu nome a repartição de um veículo automotor de via mundano, tais como carros, motos, caminhões, ônibus etc.

A cadastro IPVA RS é conhecido pelo próprio governo e por meio dele é possível entender o dia a para pagar a calote de acordo com o algarismo da chapa do veículo consultado. Acusando, além das datas, os dias relativos a maneira de pagamento escolhida. Uma vez que é possível pagar uma apenas vez, por armadura única, ou parcelando em até 3 vezes sem interesses.

Deixar de pagar o imposto implicará em uma série de resultados para o condutor. Por isto é bastante fundamental entender corporificar a consulta IPVA 2019 RS – coisa que ensinaremos no argumento a seguir. Confira:

Por meio do site do Seção Estadual de Abertura do Estado do Rio Grande do Sul é possível conquistar uma série de informações essenciais a respeito de um veículo registrado no Detran RS. Se este for o seu caso, saiba que as únicas coisas que serão necessárias para corporificar a consulta vai ser ter em mãos os documentos do veículo a ser consultado e ter acesso a a internet.

Com tudo isto ajeitado, confira as dicas que separamos a seguir para você corporificar a consulta sem maiores dificuldades:

A cadastro IPVA é uma ferramenta a que lugar o condutor conseguirá examinar em que data conseguirá corporificar o pagamento. A partir das informações divulgadas no cadastro, será possível entender no momento em que deverá ser acertado e como será a divulgação do pagamento dividido.

Governo abre consulta a benefícios sociais

Um dos programas mais recorridos pelas famílias brasileiras é o bolsa família 2019. Esse programa tem como objetivo auxiliar as famílias carentes de todo o Brasil, assegurando o acesso a serviços básico, como saúde, educação, alimentação e assistência social.

Com o esse programa criado pelo governo, irá de certa forma dar a oportunidade para as famílias carentes melhorarem sua renda mensal. O bolsa família é o principal programa social que realmente é responsável pela redução do índice de miséria no Brasil.

Podem se cadastrar no Programa, as famílias com renda mensal per capita de até R$140,00 devem procurar a prefeitura de seu município e informar seus dados no Cadastro Único dos Programas Sociais (CadÚnico), de forma a ficarem aptas para inclusão no Programa Bolsa Família. O benefício é liberado de forma impessoal, por um processo de seleção da Caixa Econômica Federal. A prioridade do programa são as famílias de menor renda.

Se você já é beneficiário do bolsa família, a consulta do benefício ficou mais rápida e fácil. Tanto para aqueles que esperam o benefício ou para aqueles que querem conferir se o dinheiro já está na conta, é muito fácil tirar essas dúvidas. Para realizar a consulta bolsa família 2013 basta acesse o site da Caixa Econômica Federal, no endereço: www.beneficiossociais.caixa.gov.br/consulta-bolsa-familia.

Resultado de imagem para cadastro bolsa familia

Contribuinte pergunta: Como declarar o Imposto de Renda retido na fonte?

Realizar a sua declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte é uma obrigação tributária com a qual todos nessa situação devem cumprir. A sua declaração será o momento em que será comprovado o seu o Imposto de Renda Retido na Fonte do período, e os seus rendimentos através dos ganhos obtidos no ano.

Muitas dúvidas surgem quanto a declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte, por esse motivo preparamos as informações que te ajudaram a realizar esse procedimento com mais facilidade. Confira também outras dúvidas sobre o Imposto de Renda Pessoa Física 2018.

Tudo sobre o Imposto de Renda
Tudo sobre o Imposto de Renda

Imposto de Renda Retido na Fonte

Conhecido como DIRF o Imposto de Renda Retido na Fonte é a declaração feita pela fonte pagadora (Pessoa Física e Jurídica) para informar a Secretaria da Receita Federal do Brasil os seguintes dados do ano corrente:

  • Rendimentos pagos a pessoas físicas domiciliadas no País;
  • Valor do imposto sobre a renda e contribuições retidos na fonte, dos rendimentos pagos ou creditados para seus beneficiários;
  • O pagamento, crédito, entrega, emprego ou remessa a residentes ou domiciliados no exterior;
  • Os pagamentos a plano de assistência à saúde – coletivo empresarial.

Imposto de Renda Retido na Fonte – Prazo para entrega

O prazo final para que seja entregue a sua declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte referente ao ano de 2015 é o dia 29 de Fevereiro de 2018 às 23:59 no horário de Brasília.

Segundo o portal tributário da Receita Federal os casos de extinção decorrente de liquidação, incorporação, fusão ou cisão total ocorrida no ano-calendário de 2018, a pessoa jurídica extinta deverá apresentar a DIRF 2018 relativa ao ano-calendário de 2018 até o último dia útil do mês subsequente ao da ocorrência do evento, exceto se o evento ocorrer no mês de janeiro de 2018, caso em que a Dirf 2018 poderá ser apresentada até o último dia útil do mês de março de 2018.

Imposto de Renda Retido na Fonte – Como declarar

A declaração do IRRF 2018 retido na Fonte é realizada através do programa gerador próprio, que é um sistema disponibilizado no site da Receita Federal do Brasil.

O processo de declaração é bem simples de se realizar, e o que você precisa fazer inicialmente e o download do programa no endereço http://www.receita.fazenda.gov.br/

Após instalar o programa você irá preencher as informações solicitadas relativas à retenção do imposto de renda e então irá envia-las via Receitanet.

Imposto de Renda Retido na Fonte – Atraso

Para aqueles que não realizarem a declaração se deve aplicar a Instrução Normativa SRF de número 197, que define a aplicação de penalidades para a não entrega da DIRF ou para o envio de dados que estejam incorretos ou omitidos na declaração.

A multa estipulada é de 2% por mês ou uma fração de atraso da entrega sobre o montante de imposto de renda informado na declaração, limitado a 20%.

Temporada do Leão: preparado para o IR 2018?

Não tem como escapar do IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física), fazer a declaração é obrigatório para todo cidadão brasileiro que se enquadra na regra de valor estipulado. O processo de Consulta ao IRPF 2018 é bem simples de ser feito, é para que você que ainda não conhece como realizar preparamos um post que vai te esclarecer dúvidas sobre o Imposto de Renda de Pessoa Física e o Consulta ao IRPF 2018.

Preparado para o IR 2018
Preparado para o IR 2018

Consulta ao IRPF 2018

Todo o processo de Consulta ao IRPF 2018 pode ser feito pela internet, dessa maneira você pode realizar sua consulta ai mesmo da sua casa de uma maneira mais rápida e simples. Aproveite para conferir também a IRPF 2018 Tabela!

CONSULTA AO IRPF 2018

Ao longo do ano o trabalhador tem descontado do seu salário impostos e tributos que são destinados ao governo do país. Todos os anos esse trabalhador deve declarar o IRPF que posteriormente através de um cálculo para verificar se o trabalhador teve descontado um valor a mais do que deveria passa a ter o seu direito de receber de volta o reembolso dessa diferença de valor.

CONSULTA AO IRPF 2018 – COMO CONSULTAR

Se você deseja saber como o IRFP 2018 consultar veja as informações que preparamos para te ajudar.

Se você deseja saber como consultar o IRPF 2018 o primeiro passo e acessar o site da Receita Federal, pois ele é o órgão responsável por prestar serviços ligados ao IRPF.

O endereço do site da Receita Federal o qual você precisa acessar é o oficial www.receita.fazenda.gov.br/

Acessando esse endereço você será redirecionado para a página de Consulta de Restituições do IRPF.

Realizar a IRFP 2018 consulta é bem simples, você só precisará inserir o número do seu CPF e repetir o código de segurança que aparece na tela.

Após preencher as informações corretamente clique no botão “Consultar”.

Não se esqueça de declarar seu imposto de renda pessoa física corretamente com informações corretas, pois todas essas informações serão analisadas pela Receita Federal e caso algo esteja irregular você pode ser pego na conhecida malha fina, que traz como consequência multas e até processos judiciais.

Todas as informações de prazos e datas úteis sobre o IRPF 2018 são divulgadas por meio de um calendário, porém o calendário ainda não foi liberado pela Receita Federal.

Em breve a Receita Federal estará liberando a tabela com suas informações atualizadas e você poderá consulta-la por meio do site da Receita Federal no endereço www.receita.fazenda.gov.br/. Não deixe de ficar atento as informações que são atualizadas e divulgadas lá!

É importante lembrar que para realizar o processo de cálculo do IRPF 2018 é preciso aguardar a liberação dos lotes que são feitas pela Receita Federal do Brasil.

As datas de liberação desses lotes são sempre divulgadas no site da Receita e também nos veículos de comunicação como rádio e TV.

Fique atento as datas para que consiga fazer a sua Consulta ao IRPF 2018.

SISU 2018: Inscreva-se!

Você sabia que utilizando a sua nota do ENEM é possível estudar em uma instituição de ensino público? Isso é possível graças ao SISU 2018. Quer saber como funciona e como se cadastrar no SISU 2018? Então, continue conosco e não perca essa chance!

SiSu 2018
SiSu 2018

SISU 2018: O Que é e Como Funciona?

SISU significa Sistema de Seleção Unificada. Esse nome pode parecer confuso, mas nada mais é do que um sistema de gerenciamento das vagas que as instituições públicas oferecem aos candidatos que participaram do ENEM. Quem gerencia esse sistema é o MEC (Ministério da Educação).

Diferente de outros processos de ofertas de vagas, o SISU ocorre em uma única etapa onde o candidato faz a sua inscrição optando por concorrer às vagas mais concorridas ou àquelas destinadas as políticas afirmativas.

É importante destacar que o candidato poderá mudar suas opções até o último dia de inscrição.

O processo de seleção do SISU se dá por meio da escolha dos candidatos mais bem classificados em cada curso. Essa classificação é feita de acordo com a nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio.

Assim que o candidato é selecionado, ele deverá realizar a sua matrícula na instituição no período que lhe for informado para efetivar assim a sua vaga.

Cada instituição receberá do próprio SISU uma lista de espera que deverá ser usada para as vagas remanescentes.

Se você sonha em estudar em uma instituição pública, não perca essa chance e realize a inscrição Sisu!

SISU 2018: Notas do ENEM

Você deve estar se perguntando como o SISU 2018 vai utilizar a sua nota do ENEM, não é mesmo? A resposta é bem simples.

Assim que você acessa o Sistema de Seleção Unificada, o SISU automaticamente tem acesso às notas que você obteve no ENEM através do seu login e senha.

Algumas instituições de ensino adotam pesos diferenciados para as notas do ENEM em determinados cursos. Quando isso ocorrer, a sua nota será automaticamente calculada de acordo com o que estipula a instituição.

SISU 2018: Resultado e Matrícula

O candidato que se inscreveu e quer acompanhar o resultado do SISU 2018 deve consultar o Boletim de Acompanhamento disponível no site oficial do SISU clicando aqui, na Central de Atendimento do MEC cujo telefone é 0800 616161 ou nas instituições participantes.

O candidato que for selecionado deverá acompanhar todas as informações em relação a matrícula e seus prazos no site do SISU ou na instituição pública que vai estudar. Perder o prazo da matrícula implica na perda de vaga. Fique atento!

SISU 2018: Inscrição

As inscrições para o SISU 2018, como nós dissemos, é feita com o número de inscrição do ENEM e a sua senha, pelo site oficial. Caso tenha perdido esses dados, basta acessar o site do ENEM e recuperá-los.

A inscrição para o SISU é gratuita, não podendo ser cobrada nenhuma taxa, pois é feita diretamente pelo Sistema.

inscrição SiSU

Documentos para Inscrição

Não é exigido nenhum documento para a sua inscrição, você deverá apenas informar os dados da inscrição no ENEM.

Lembre-se: as inscrições para o SISU 2018 ainda não foram abertas. Fique atentos logo no início do ano ao prazo de abertura dessas inscrições.

Boa sorte!

Aprendendo a ler mais rápido

Confira nossas dicas para você aprender ler, muito mais rápido.

  1. Comece a praticar a leitura com um material agradável e de fácil leitura.
  2. Use um cronômetro para testar seu desempenho
  3. Treine ler no ritmo de um lápis passando pelo texto enquanto estiver lendo. Mesmo que não entenda nada, continue e mantenha o foco.
  4. Reduza o movimento dos olhos, mantenha seus olhos o mais imóvel possível.
  5. A leitura deve ser uma atividade que envolve somente os olhos e o cérebro
  6. Os especialistas no assunto ensinam que o correto é pensar em leitura como se estivesse olhando para uma paisagem, um panorama de ideias, em vez de olhar para as pedras a seus pés, ou seja, amplie sua visão, ao invés de olhar palavra por palavra.
  7. Estudos têm mostrado que, quando lemos, nossos olhos devem fazer pequenas paradas ao longo da linha. Leitores lentos fazem muito mais paradas do que rápidos leitores. Ler palavra por palavra inibe a compreensão, por isso ler por grupos de palavras é mais significativo. Exemplo: A cobra está sorrateiramente caçando sua presa – o rato, você lerá: Cobra + caçando + rato e seu cérebro preencherá as lacunas que faltam. Ler somente as palavras chaves acelera consideravelmente o tempo de sua leitura. Essa técnica é mais utilizada para textos simples.

Análise feita para leitura mais rápida

Alguns especialistas defendem a tese que se você pré-visualizar seu material antes de ler, você conseguirá ler mais rápido.

  • Faça uma análise de 30 a 60 segundos
  • Leia todo o primeiro parágrafo, a primeira frase de cada parágrafo sucessivo e de todo o último parágrafo.
  • Preste atenção nas palavras em destaque e negrito.
  • Estude as imagens e ilustrações, pois na maioria das vezes entendemos uma história pelo conteúdo de suas imagens.
  • Veja sua ideia principal

Se você deseja prestar um vestibular ou realizar algum concurso, como por exemplo o Educa Mais Brasil 2018, você precisa ter uma boa leitura, rápida e com atenção.

Algumas Técnicas de Memorização

Em alguns casos não basta ter agilidade na leitura, é necessário também memorizar, absorver informações para fixar em sua mente. Em vestibulares, provas do Enem e concursos, por exemplo, é primordial memorizar fórmulas, datas, simetrias, detalhes de histórias dentre outros fatores, por isso, destacamos algumas estratégias que poderá ajudar na memorização nos seus estudos:

  1. Enquanto lê, faça perguntas para si mesmo sobre o conteúdo, essa atitude lhe mantém focado e evita distrações.
  2. Atenção e repetição são fundamentais para a memorização. Tentar ler quando você não consegue se concentrar é perder tempo.
  3. Não são somente as crianças que tem períodos curtos de atenção, os adultos também. Então, não tente ler por mais de 10 ou 15 minutos. Deve-se fazer uma pausa e pensar no que acabou de ser lido. E assim sucessivamente aumentar os períodos de leitura para aumentar o período de atenção e memorização.
  4. Rabisque anotações no livro (material, apostila) ou em um bloco de anotações. Anote todos os fatos e ideias importantes que possam lhe ajudar no futuro.
  5. Se achar necessário faça um resumo no final para fixar melhor seus pensamentos e fundamentos.
  6. Destaque com caneta ou lápis as partes mais importantes do livro (material, apostila) que você pretende rever depois.

Bom… boa leitura! E não se esqueça de acompanhar o Educa Mais Brasil e ter acesso as melhores dicas e a data da inscrição no educa mais brasil 2018.

Saiba como consultar o Extrato de seu INSS

Extrato INSS 2018 – Os pagamentos atenderão mais de 32 milhões de pessoas em todo o território nacional, entre aposentados, pensionistas e também segurados do INSS 2018. O calendário com todas as datas de pagamento é importante por auxiliar as pessoas que serão beneficiados que poderão se organizar neste ano através do dinheiro que será pago.

O critério para o pagamento do INSS é feito através do último número do cartão do beneficiado. Se a data de pagamento coincidir com algum dia do final de semana ou feriado nacional, o pagamento será realizado no próximo dia útil seguinte. Confira abaixo a tabela INSS 2018 do calendário de pagamento e aproveite para organizar as suas finanças no decorrer do ano.

É importante lembrar ainda que o pagamento do INSS 2018 é feito de imediato para aqueles que são segurados e recebem o piso previdenciário. Para essas pessoas, o pagamento é realizado até o quinto dia útil de cada mês.

Extrato INSS 2018

A consulta ao extrato INSS 2018 permite você descobrir qual é este valor a ser pago. Entre todas as ferramentas presentes no site para diversas consultas, o extrato do valor INSS é um deles, o que facilita ainda mais agilidade e ajuda o beneficiado a se programar e organizar suas finanças de acordo com a renda que receberá.

Através dessas consultas o beneficiado poderá acompanhar a sua situação junto a previdência mensalmente. Saber quais foram os pagamentos realizados e se há algum benefício a ser pago ainda. Além disso, no site é possível além de tirar o extrato INSS e todas as dúvidas, você pode realizar alguma reclamação se desejar.

Consulta Extrato INSS 2018

Realize a consulta extrato INSS 2018 pela internet, isso poderá ser feito através do link direto do site INSS 2018, basta seguir os passos abaixo:

  1. Acesse o site do dataprev www.dataprev.gov.br;
  2. Digite o número do seu benefício;
  3. Informe a data de nascimento do beneficiado, contendo quadro algarismo no ano, por exemplo, 02/06/1982;
  4. Além disso, é necessário informar também o nome do beneficiado e o número do CPF.
  5. Digite os caracteres informados;
  6. Clique em “Visualizar”.

É importante que para realizar a consulta extrato INSS, todos os dados sejam informados de forma correta e verídica para que a mesma possa ocorrer de forma correta.

Concurso INSS 2018

O concurso INSS 2018 havia sido divulgado no ano passado para o preenchimento de mais de quatro mil vagas. Para ser realizado o concurso tece autorização do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). Inicialmente estavam estipuladas 3.080 vagas para o concurso do INSS.

Porém, a solicitação oficial encaminhada para o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão prevê um total de 4.730 vagas para o concurso do INSS 2018. As oportunidades variam entre os cargos de técnico do seguro social, nível médio para perito e analista do seguro social. Os salários partem de R$ 4.620,91 até R$10.559,64.

http://www.previdencia.gov.br/.

Mesmo ofertando mais de quatro mil vagas, o concurso INSS não repõe todas as necessidades da instituição, de acordo com a Associação Nacional de Proteção e Apoio aos Concursos. A Associação afirma que o déficit no INSS é superior a 10 mil servidores, que devem ser contratados em todas as regiões do País.

Inep pode divulgar na próxima semana as notas do ENEM

O Resultado da primeira chamada do Enem 2018 será divulgado dia 22 de janeiro, domingo, as inscrições terminaram no final da noite desta quinta-feira. Segundo o cronograma oficial do Ministério da Educação – MEC, a lista com os nomes dos pré-selecionados para as vagas no Enem 2018 será publicada no dia 22 de janeiro de 2018 no portal oficial do Enem, siteEnem.mec.gov.br, aqueles que forem contemplados com uma vaga têm até o dia 1º de fevereiro de 2018 para comparecerem à Instituição para a qual foram chamados.

O Enem teve mais de 2 milhões de inscrições, de acordo com balanço divulgado pelo MEC, foram mais de 1.048.631 estudantes cadastrados (cada pessoa pode escolher até 2 opções de curso), número superior ao do ano passado. Os estados que mais tiveram inscrições fora São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro. Veja notícias sobre o Enem no Twitter.

É importante que o candidato consulte o Resultado do Enem 2018 e em seguida entre em contato com a Instituição, pois elas podem determinar dias e horários específicos para atender o candidato, para checar a documentação e para instituir um processo seletivo próprio (se for o caso), portanto fiquem atentos ao resultado da primeira chamada e aos prazos que você deve seguir. Por esse motivo, o MEC prefere usar o termo “pré-selecionado”, pois além da inscrição no Enem, o candidato ainda passa por outras etapas até ter sua matrícula efetivamente realizada na Instituição de Ensino Superior.

O Resultado da segunda chamada do Exame Nacional do Ensino Médio 2018 será divulgado dia 7 de fevereiro e o candidato tem até o dia 15 de fevereiro para consultar na lista de resultados se seu nome consta entre os nomes selecionados para uma bolsa, a segunda chamada tem como objetivo preencher bolsas remanescentes que ainda não foram preenchidas. E caso você não tenha sido selecionado em nenhuma das duas chamadas, ainda resta uma chance na Lista de Espera.