9 livros de terror com romance no coração para você se arrepiar e se apaixonar

O terror e o romance são dois gêneros que podem parecer opostos, mas que na verdade se complementam muito bem. Afinal, o que pode ser mais assustador do que se envolver com alguém que esconde um segredo sombrio, ou que pode te levar para um mundo de pesadelos? E o que pode ser mais emocionante do que enfrentar o perigo ao lado de quem você ama, ou lutar contra as forças do mal para proteger o seu coração?

Se você gosta de histórias que misturam esses dois elementos, então você vai adorar essa lista que separamos para você. São 9 livros de terror com romance no coração, que vão te fazer sentir medo, suspense, paixão e adrenalina. Confira!

A Mulher de Preto, de Susan Hill:

Esse é um livro de terror psicológico, que narra a experiência aterrorizante de um jovem advogado, Arthur Kipps, que é enviado para uma casa isolada em um pântano, para cuidar dos assuntos de uma cliente falecida. Lá, ele se depara com a presença sinistra de uma mulher vestida de preto, que parece assombrar o lugar e os moradores da região. O livro é um exemplo de como criar uma história de fantasmas com poucos elementos, mas com muita tensão e suspense. O romance de Arthur com sua esposa Stella, que fica em Londres, é um contraponto à atmosfera sombria da casa.

Drácula, de Bram Stoker:

Esse é um clássico do terror gótico, que conta a história do vampiro mais famoso da literatura, o conde Drácula, que sai da Transilvânia para espalhar o seu terror na Inglaterra vitoriana. Mas ele não contava com a resistência de um grupo de amigos, liderados pelo caçador de vampiros Van Helsing, que tentam impedir os seus planos. Entre eles, está Mina Harker, a esposa de um dos amigos, que se torna o alvo da obsessão de Drácula. O livro é uma obra-prima da narrativa epistolar, que usa cartas, diários, jornais e outros documentos para criar uma atmosfera de mistério e horror.

Entrevista com o Vampiro, de Anne Rice:

Esse é o primeiro livro da série Crônicas Vampirescas, que revolucionou a literatura de vampiros, ao dar voz e profundidade aos seus personagens. O livro é uma longa entrevista que o vampiro Louis concede a um jornalista, contando a sua história desde que foi transformado pelo enigmático Lestat, no século XVIII, até os dias atuais. O livro explora temas como a imortalidade, a solidão, a moralidade, a religião e o amor, através das relações complexas e conflituosas entre os vampiros. O romance entre Louis e a vampira Claudia, que ele cria como uma filha, é um dos pontos altos da trama

A Hora do Vampiro, de Stephen King:

Esse é um dos livros mais famosos do mestre do terror, que traz uma releitura moderna do mito do vampiro. O livro se passa na pequena cidade de Jerusalem’s Lot, no Maine, onde o escritor Ben Mears retorna para escrever um livro sobre a casa Marsten, uma mansão abandonada que ele acredita ser assombrada. Mas ele não sabe que o novo proprietário da casa é um vampiro milenar, que pretende transformar todos os habitantes da cidade em seus servos. Ben se une a um grupo de sobreviventes, que inclui a sua namorada Susan Norton, para combater o mal que se espalha pela cidade. O livro é uma mistura de terror, aventura e romance, com personagens cativantes e cenas assustadoras.

A Maldição do Espelho, de Agatha Christie:

Esse é um livro de mistério e terror, que traz a famosa detetive Miss Marple como protagonista. O livro se passa em uma mansão chamada Gossington Hall, onde uma mulher é encontrada morta no quarto, com um espelho quebrado ao lado. A polícia suspeita que se trata de um caso de envenenamento, mas Miss Marple tem uma teoria diferente, baseada em uma antiga lenda sobre um espelho maldito, que reflete a morte de quem o olha. O livro é um exemplo de como Agatha Christie conseguia criar histórias envolventes e surpreendentes, usando elementos sobrenaturais e românticos. O romance entre o inspetor Craddock e a sobrinha da vítima, Adelaide, é um dos subplots da história.

O Cemitério, de Stephen King:

Esse é outro livro de terror do Stephen King, que aborda o tema da morte e da ressurreição. O livro conta a história da família Creed, que se muda para uma casa próxima a um cemitério de animais, onde os moradores locais enterram os seus bichos de estimação. O que eles não sabem é que o cemitério tem um poder sobrenatural, que pode trazer os mortos de volta à vida, mas com uma personalidade maligna. O livro é uma reflexão sobre o luto, o amor, a culpa e a loucura, que mostra até onde um pai é capaz de ir para recuperar o seu filho. O romance entre Louis e Rachel Creed, o casal protagonista, é um dos aspectos mais tocantes da história.

Coraline, de Neil Gaiman:

Esse é um livro de terror e fantasia, que narra as aventuras de Coraline, uma menina curiosa e corajosa, que descobre uma porta secreta em sua nova casa, que leva a um mundo paralelo, onde tudo parece ser melhor do que o seu. Lá, ela encontra a sua Outra Mãe, uma mulher que se parece com a sua mãe, mas que tem botões no lugar dos olhos, e que quer mantê-la para sempre. O livro é uma obra-prima da imaginação, que explora temas como a identidade, a família, o medo e a coragem, com um toque de humor e ironia. O romance entre Coraline e o seu amigo Wybie, que a ajuda a escapar do mundo dos botões, é um dos elementos mais fofos da história.

Deixe Ela Entrar, de John Ajvide Lindqvist:

Esse é um livro de terror e drama, que conta a história de Oskar, um menino de 12 anos, que sofre bullying na escola e que se sente solitário e infeliz. Sua vida muda quando ele conhece Eli, uma menina misteriosa, que se muda para o seu prédio, e que revela ser uma vampira. O livro é uma história de amor e amizade entre duas almas perdidas, que enfrentam a violência, a solidão, o preconceito e o horror, em uma Suécia fria e sombria. O livro é uma obra original e emocionante, que foge dos clichês do gênero, e que mostra o lado humano e cruel dos vampiros.

A Forma da Água, de Guillermo del Toro e Daniel Kraus:

Esse é um livro de terror e fantasia, que é uma adaptação do filme homônimo, dirigido por Guillermo del Toro, que ganhou o Oscar de melhor filme em 2018. O livro conta a história de Elisa, uma mulher muda, que trabalha como faxineira em um laboratório secreto do governo americano, na década de 1960. Lá, ela se depara com uma criatura anfíbia, que é mantida em cativeiro e torturada pelos militares. Elisa se sente atraída pelo ser, e decide ajudá-lo a fugir, iniciando uma relação proibida e perigosa. O livro é uma história de amor e fantasia, que celebra a diversidade, a beleza e a esperança, em um mundo cruel e intolerante. O livro é uma obra poética e envolvente, que expande e aprofunda o universo do filme.