Home Geral Associação de aleitamento materno recomenda termo ‘leite de pai’: ‘Inclusão’

Associação de aleitamento materno recomenda termo ‘leite de pai’: ‘Inclusão’

by Logan Nelson

A Academia de Medicina de Aleitamento Materno dos EUA publicou um novo guia para a inclusão de pessoas trans. Trata-se de um manual aconselhando hospitais e profissionais de saúde a mudarem termos técnicos tradicionais.

Conforme o documento, profissionais da saúde tem de optar pelos termos “leite de pai” e “leite humano” para se referirem ao “leite materno”. Embora as instruções tenham sido publicadas em julho de 2021, voltaram a circular nas redes sociais nesta semana, sobretudo depois da pressão do governo Joe Biden pela transição de gênero infantil e proteção de direitos da comunidade LGBT+.

Entre outros termos sugeridos pela associação de aleitamento materno estão “pai gestacional”, em vez de “mãe”, e “pessoa lactante”, em vez de “mãe que amamenta”.

-Publicidade-

Em 2020, a academia publicou um comunicado informando: “Reconhecemos que nem todas as pessoas que dão à luz e lactam se identificam como mulheres e que alguns indivíduos não se identificam como mulheres, nem como homens”.

A papelada também estabelece que “o uso de linguagem sexuada ou inclusiva de gênero é apropriado em muitos ambientes” e pede que “estudos futuros incluam categorias de gênero mais amplas e incluam informações sobre terapias hormonais e cirurgias para pacientes transgêneros”.

Leia também: “Biden e a bandeira do orgulho gay”, artigo de Frank Furedi publicado na Edição 118 da Revista Oeste

Related Posts