Home Economize BNDES e Sebrae criam fundo para pequenos negócios

BNDES e Sebrae criam fundo para pequenos negócios

by Logan Nelson
.fb-comments,.fb-comments span,.fb-comments span iframe[style]{min-width:100%!important;width:100%!important}

Com a parceria entre o BNDES e Sebrae, a estimativa é que os financiamentos inicialmente subsidiem aproximadamente R$ 4,5 bilhões.

.fb-comments,.fb-comments span,.fb-comments span iframe[style]{min-width:100%!important;width:100%!important}

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Na terça-feira (12), o Banco Nacional Econômico e Social (BNDES) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) firmaram um acordo de cooperação técnica para o desenvolvimento de um fundo garantidor focado exclusivamente para operações de crédito.

A iniciativa abrange microempreendedores individuais (MEIs), microempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP). Dessa forma, há previsão de que diversas instituições financeiras atuem como parceiras da iniciativa. 

A estimativa é que os financiamentos inicialmente subsidiem aproximadamente R$ 4,5 bilhões, chegando a até R$ 15 bilhões.

Fundos garantidores

Os fundos garantidores são desenvolvidos para diminuir o risco das operações de crédito das instituições financeiras. Assim, o novo fundo, chamado de BNDES FGI Sebrae, deve estar disponível em todo o Brasil a partir de dezembro deste ano.

Sugestões para você

Segundo o acordo entre o BNDES e Sebrae, a princípio serão aportados, R$ 150 milhões cada um, podendo alcançar R$ 500 milhões.

Outros serviços

Ademais, o acordo prevê outros serviços. Dessa forma, microempreendedores individuais e empresários de micro e pequenas empresas receberão orientação do Sebrae através do programa Crédito Assistido. 

Assim, o programa oferecerá acesso a diagnósticos, ferramentas digitais, conteúdos, capacitações e consultorias com o intuito de diminuir os riscos de inadimplência e aumentar a sustentabilidade financeira dos negócios participantes.

Já o BNDES dará acesso a sua plataforma de gestão para operacionalização do novo fundo. Um sistema digital utilizado por várias instituições financeiras parceiras, onde já se viabilizou mais de R$ 100 bilhões em operações de crédito.

Vagas

As micro e pequenas empresas são responsáveis pela criação da maioria dos empregos formais em 2022. De acordo com o Sebrae, um total de 700,59 mil postos de trabalho formais foram criados no país entre janeiro e abril deste ano, deste montante, 585,56 mil tiveram origem em pequenos negócios, o que corresponde a 76% do total.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal no YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Instagram e Twitch. Assim, você acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Rawpixel.com / Shutterstock.com

Related Posts