Home Geral Cadela de 22 anos bate recorde no Guinness

Cadela de 22 anos bate recorde no Guinness

by Logan Nelson

A cadela Pebbles, da raça Toy Fox Terrier, foi reconhecida com o título de “cão mais velho do mundo” pelo Guinness World Records — o livro de recordes mundiais. Moradora do Estado da Carolina do Sul, nos EUA, o animal atingiu a marca dos 22 anos e 72 dias de vida.

Os tutores de Pebbles, Bobby e Julie Gregory, nunca imaginaram que a cadela algum dia seria recordista do Guinness. “Estamos verdadeiramente honrados”, afirmou a norte-americana. “Pebbles tem estado conosco durante todos os altos e baixos, bons e maus momentos, e ela sempre foi a guia das nossas vidas.”

Pebbles posando com o seu recorde do Guinness World Record
Pebbles posando com o seu recorde do Guinness World Record | Foto: Reprodução/Redes sociais
-Publicidade-

O casal conta que estava sentado no sofá quando recebeu mensagens de amigos e familiares informando que o ex-recordista, Toby Keith, um chihuahua de 21 anos da Flórida, foi anunciado como o “cão mais velho vivo.”

“Quando vi a história de Toby Keith em todos os noticiários, eu me candidatei”, lembra Julie. Mas a oficialização do recorde não veio facilmente. Depois de inscreverem o animal de estimação, a família da Toy Fox Terrier, de 1,8 quilo, precisou aguardar até o fim de maio deste ano para que Pebbles se tornasse a nova detentora do título.

“Foi amor instantâneo”

A cadela mais velha do mundo nasceu em 28 de março de 2000. De acordo com Julie e Bobby, adotar um cão de pequeno porte não estava nos planos do casal. Entretanto, a dupla logo se encantou pelo animal.

“Ela estava pulando e latindo tanto para Bobby que ele não teve outra escolha a não ser pegá-la e levá-la”, conta Julie. “Foi amor instantâneo, no segundo em que os dois se encontraram.”

Segredo para a longevidade

A tutora de Pebbles revelou ainda a rotina da cadela. Segundo Julie Gregory, apesar da idade, o animal de estimação de 22 anos segue com uma saúde “fantástica.”

Pebbles costuma dormir durante o dia, ao som de música country. De noite, a cadela acorda para jantar uma dieta à base de comida de gatos que, segundo o veterinário do animal, é mais rica em proteínas do que a ração comum para cachorros.

Sobre o segredo para a longevidade, a dona de Pebbles avisa: “Trate-os como família, porque eles são. Dê a eles um ambiente positivo e feliz tanto quanto possível, boa comida e tratamento de saúde adequado.”

Assine a Oeste

Related Posts