Home Geral Café: Após forte queda, indicador do arábica tem alta

Café: Após forte queda, indicador do arábica tem alta

by Logan Nelson
Compartilhe

Nessa terça-feira, 19, especificamente, os preços foram impulsionados pela alta externa

Os preços do café arábica oscilaram com força nos últimos dias no mercado brasileiro.

\/div>

Somente na semana passada, entre 11 e 15 de julho, o Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6 recuou 90,26 Reais/saca (ou -6,8%), chegando a fechar a R$ 1.239,04/sc no dia 14, o menor patamar diário desde 25 de maio. Já nessa terça-feira, 19, os preços avançaram, voltando a superar os R$ 1.300/sc.

Segundo pesquisadores do Cepea, na última semana, os preços nacionais acompanharam o recuo dos valores externos, que foram influenciados pelo receio de uma nova recessão global, o que tem feito com que os fundos troquem seus contratos de café por outros ativos mais seguros. Além disso, o clima seco segue favorecendo a colheita da safra 2022/23 no Brasil.

Nessa terça-feira, 19, o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6, posto na capital paulista, fechou a R$ 1.318,67/sc, alta de 22,26 Reais/saca (+1,7%) na comparação com a terça anterior, 12. Para o robusta, os preços oscilaram de forma menos intensa.

Segundo colaboradores do Cepea, a maior presença da indústria torrefadora vem permitindo o fechamento de alguns negócios, ainda que agentes consultados pelo Cepea relatem que vendedores seguem bastante retraídos.

Nessa terça-feira, 19, especificamente, os preços foram impulsionados pela alta externa, com o Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6 peneira 13 acima fechando a R$ 719,25/sc, avanço de 1,2% frente ao dia 12.

Fonte: Cepea

Related Posts