Home Economize CEO da Binance defende que corretoras não tenham segregação: “má ideia”

CEO da Binance defende que corretoras não tenham segregação: “má ideia”

by Logan Nelson

O CEO da Binance, CZ, defendeu que a segregação de carteiras em corretoras de criptomoedas é uma má ideia para o mercado. De acordo com ele, muitos países estão querendo implementar essas medidas.

No entanto, ele compartilhou sua opinião sobre o assunto e indicou que discorda por uma série de problemas que poderiam afetar os consumidores.

No Brasil, por exemplo, corretoras brasileiras têm pressionado deputados a aprovarem um projeto de lei com a segregação de carteiras. Não está claro, contudo, se CZ falou diretamente sobre o país sul-americano em sua explicação, visto que ele citou “alguns países”.

CEO da Binance diz ser má ideia segregação de carteiras por corretoras de criptomoedas

Consumidores de criptomoedas da Binance pelo mundo viram o CEO da corretora, CZ, falar neste domingo (31) sobre um tema desconhecido por muitos, que é a segregação de carteiras.

Apontando que corretoras não devem dividir sua liquidez, que poderia causar problemas com baleias de criptomoedas, CZ declarou que ter uma única carteira é importante para a defesa do consumidor e uma melhor liquidez de mercado.

“De nossas interações, alguns países querem uma carteira de pedidos segregada (liquidez). Esta é uma MÁ IDEIA por uma série de razões. A grande liquidez é um dos melhores mecanismos de Defesa do Consumidor. Protege contra manipulação de mercado, volatilidade e reduz liquidações.”

Ele declarou ainda que os traders de arbitragem não são eficientes para regular o preço quanto um livro de ofertas, que deve ser apenas um na visão do empresário.

Além disso, como os clientes de corretoras lidam com os livros de ofertas para suas negociações, quanto mais líquido este for melhor.

Segundo CZ, a Binance hoje tem a maior liquidez do mercado e, dessa forma, a maior proteção aos consumidores neste quesito, sendo uma má ideia dividir (segregar) suas operações. Na prática, isso significa que clientes da corretora de qualquer lugar do mundo têm acesso a apenas um livro de ofertas.

Projeto de Lei no Brasil volta a ser pautado na próxima segunda e corretoras brasileiras pressionam por segregação

No Brasil, o projeto de lei 4.401/2021, que quando aprovado no Senado Federal previa a segregação de carteiras, volta a ser pautado no Plenário da Câmara dos Deputados na próxima segunda-feira (1/08).

Contudo, entre os deputados, não são todos que concordam com a segregação no projeto de lei. Dessa forma, o relator Expedito Netto (PSD-RO) retirou da votação essa previsão no PL, embora as corretoras brasileiras esperem que o item retorne a pauta.

Não está claro se no Brasil a legislação terá previsão de segregação ou não, mas para o CEO da Binance, essa é uma má ideia.

Related Posts