Home Economize Contas de luz em São Paulo terão grande aumento: veja quanto fica

Contas de luz em São Paulo terão grande aumento: veja quanto fica

by Logan Nelson
.fb-comments,.fb-comments span,.fb-comments span iframe[style]{min-width:100%!important;width:100%!important}

A Aneel aprovou um reajuste de 12,04% nas contas de luz dos clientes residenciais da distribuidora Enel São Paulo. Saiba mais.

.fb-comments,.fb-comments span,.fb-comments span iframe[style]{min-width:100%!important;width:100%!important}

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Na última terça-feira (28), a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou um reajuste de 12,04% nas contas de luz dos clientes residenciais da distribuidora Enel São Paulo, que atende a região metropolitana de São Paulo.

Dessa forma, os novos valores passam a valer no dia 4 de julho, sendo que os consumidores industriais e outros grandes clientes terão um reajuste de 18%.

Medidas

Já é levado em conta no percentual aprovado parte das medidas aprovadas pelo governo e pelo congresso, para desacelerar a alta no preço das tarifas de energia. Portanto, o aumento ficou próximo da inflação de 2021.

Entre as medidas adotadas está a devolução do PIS/Cofins cobrados a mais nas contas de luz. A medida gerou uma redução de 8,7% frente ao aumento previsto a princípio.

Também foi considerado parte do aporte de R$ 5 bilhões que a Eletrobras fará na Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), um fundo do setor elétrico que financia as medidas do setor, gerando uma redução de 2,84%.

Sugestões para você

De acordo com o diretor Hélvio Guerra, relator do processo, a lei que limita a cobrança da alíquota de ICMS a até 18% sobre energia elétrica tem um potencial de reduzir ainda mais os aumentos.

Embora já tenha sido sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), os estados ainda precisam regulamentá-la. Dessa forma, ela não foi considerada neste processo tarifário.

Conta de luz em São Paulo

Apesar do estado de São Paulo já ter implantado a redução sobre os combustíveis, o reajuste não contemplou as tarifas de energia elétrica.

De acordo com a Aneel, a medida contribuirá para diminuir o preço final da energia dos consumidores da Enel-SP em cerca de 10,4%.

Cerca de 18 milhões de pessoas são atendidas pela  Enel-SP, que distribui energia elétrica para 24 municípios da região metropolitana de São Paulo, incluindo a capital.

Anualmente, a Aneel define os reajustes nas contas de luz, de acordo com o contrato de concessão. Eles levam em conta, entre outros fatores, o comportamento do dólar, o custo para compra de energia e encargos incluídos nas tarifas.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então, siga-nos no canal no YouTube e em nossas redes sociais, como o  Facebook, Twitter, Instagram, e Twitch. Assim, você acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Renata Photography / shutterstock.com

Related Posts