Home Geral Cuba anuncia apagões na capital para evitar colapso no sistema

Cuba anuncia apagões na capital para evitar colapso no sistema

by Logan Nelson

A capital de Cuba, Havana, iniciará apagões de eletricidade em agosto à medida que a crise energética do país se agrava, segundo informou a mídia estatal neste sábado, 30.

Por enquanto, segundo o cronograma de cortes de energia, cada um dos seis municípios de Havana terá sua eletricidade cortada a cada três dias durante o horário de pico, de acordo com o jornal local do Partido Comunista, Tribuna de la Habana.

A capital, que abriga um quinto da população de mais de 11 milhões de habitantes e é o centro da atividade econômica de Cuba, tinha sido poupada dos cortes diários de energia de quatro ou mais horas que o resto da ilha sofre há meses.

-Publicidade-

Colapso do sistema

Os apagões refletem uma crise econômica cada vez mais profunda, que começou com novas sanções dos EUA à ilha em 2019 e piorou com a pandemia que destruiu o turismo e, em seguida, a invasão da Ucrânia pela Rússia.

O aumento dos preços de alimentos, combustíveis e transporte expôs a dependência de importação e vulnerabilidades, como uma infraestrutura decadente. A economia do país caiu 10,9% em 2020, recuperando apenas 1,3% no ano passado.

O líder do Partido Comunista de Havana, Luis Antonio Torres, anunciou também outras medidas, como férias em massa para fechar empresas estatais, trabalho remoto e um corte de 20% nas alocações de energia para empresas privadas com alto consumo.

Jorge Pinon, diretor da Universidade do Texas no Programa de Energia e Meio Ambiente da América Latina, disse à agência de notícias Reuters que “os apagões programados anunciados são uma necessidade para evitar um possível colapso total do sistema”.

Leia também: “A verdade ressuscitada”, texto de Augusto Nunes publicado na edição 71 da Revista Oeste

Related Posts