Home Geral Governo institui Capital Nacional do Lúpulo

Governo institui Capital Nacional do Lúpulo

by Logan Nelson

Teresópolis (RJ), na Serra Fluminense, acaba de se transformar na Capital Nacional do Lúpulo, um dos principais componentes da produção de cerveja. Concedido pelo governo federal, o título foi publicado no Diário Oficial da União, na segunda-feira 18.

Teresópolis também teve o primeiro viveiro para produção de mudas de lúpulo no Brasil, com certificação de origem reconhecido pelo Ministério da Agricultura (Mapa). A cidade tem clima propício para a produção da planta, que tem origem no Hemisfério Norte.

-Publicidade-

O plantio nacional de lúpulo ainda está em desenvolvimento. Em 2021, por exemplo, pouco mais de 12 mil toneladas do vegetal foram colhidas no Brasil. Mas o Mapa afirma que existe um grande potencial para produção no país.

Em 2022, a colheita já passa de 5 mil toneladas, de acordo com a Associação Brasileira de Produtores de Lúpulo (Aprolúpulo).

No Estado do Rio de Janeiro, a produção de mudas de lúpulo, em 2021, chegou a 26.539 unidades — todas cultivadas em Teresópolis. A estimativa para 2022 é de 50 mil unidades.

Atualmente, existem 50 cultivares de lúpulo identificados registrados no Brasil. As primeiras inscrições datam de 21 de março de 2018. A partir desses registros, tornaram-se possíveis a produção, a comercialização e a utilização de material de propagação e mudas de lúpulo.

Related Posts