Home Geral Moeda da Venezuela se desvaloriza 17% no primeiro semestre de 2022

Moeda da Venezuela se desvaloriza 17% no primeiro semestre de 2022

by Logan Nelson

O bolívar, moeda da Venezuela, se desvalorizou 17% em relação ao dólar no primeiro semestre do ano, segundo o relatório divulgado nesta sexta-feira (1º) pelo Banco Central do país, que coloca o preço da moeda americana em 5,55 bolívares.

A cotação do dólar começou 2022 em 4,58 bolívares, o que significa que no primeiro semestre o seu preço aumentou 21%, sempre de acordo com a entidade emissora venezuelana.

Leia mais: Venezuela lança nota de 1 milhão de bolívares

A taxa de câmbio oficial está relativamente estável há quase um ano, como resultado de uma estratégia implementada pelas autoridades para apoiá-la e, assim, conter a inflação em uma economia que vive uma dolarização de fato desde 2019, segundo especialistas.

A estratégia tem consistido em controlar a demanda por dólares, reduzindo a emissão de bolívares, necessários para comprar moeda estrangeira, por meio da redução dos gastos públicos e da restrição de créditos bancários.

Entre 2017 e 2020, a Venezuela viveu meses em que sua moeda foi desvalorizada em até 50%, além de taxas de inflação anuais que também vêm caindo de exorbitantes seis dígitos para 23,9% no acumulado dos primeiros cinco meses de 2022.

Related Posts