Home Geral Nasa revela imagens espetaculares captadas pelo telescópio James Webb

Nasa revela imagens espetaculares captadas pelo telescópio James Webb

by Logan Nelson

A Nasa divulgou nesta terça-feira (12) novas imagens capturadas pelo telescópio James Webb — o equipamento de observação mais poderoso já lançado ao espaço. A mais de 1 milhão de quilômetros de distância, o dispositivo conseguiu mostrar galáxias de 13 bilhões de anos. Nesta imagem, o telescópio capturou “montanhas” e “vales” repletos de estrelas brilhantes que são, na verdade, a borda de uma região jovem e próxima de formação de estrelas chamada NGC 3324, na Nebulosa Carina

Esta imagem da NGC 3324 revela pela primeira vez áreas antes invisíveis de nascimento de estrelas, utilizando tecnologia de infravermelho (foto anterior) e próxima ao infravermelho

O James Webb conseguiu captar também detalhes nunca antes vistos do Quinteto de Stephan, um agrupamento visual de cinco galáxias. O telescópio perfurou regiões envoltas em poeira para revelar enormes ondas de choque e caudas de maré, gás e estrelas retiradas das regiões externas das galáxias por interações. Também revelou áreas ocultas de formação estelar. As novas informações fornecem detalhes valiosos sobre como as interações galácticas podem ter impulsionado a evolução das galáxias no início do universo

O telescópio foi capaz de revelar pela primeira vez o manto de poeira ao redor da segunda estrela, mostrada à esquerda, em vermelho, no centro da Nebulosa do Anel Sul. É uma estrela classificada como anã branca, quente e densa

A estrela NGC 3132 aparece no centro desta imagem, desempenhando um papel coadjuvante na escultura da nebulosa circundante. Uma segunda estrela, pouco visível no canto inferior esquerdo ao longo de um dos picos de difração da estrela brilhante, é a fonte da nebulosa. Ela ejetou pelo menos oito camadas de gás e poeira ao longo de milhares de anos

Nesta segunda-feira (11), a Nasa revelou a “imagem infravermelha mais profunda e nítida do universo primitivo”. Trata-se dos primeiros registros das galáxias formadas após o Big Bang. Essas formações ocorreram 13 bilhões de anos atrás. São grandes as expectativas com relação ao que o James Webb pode revelar sobre a evolução do universo

Related Posts