Home Economize Netflix registra perda de mais de 900 mil assinantes

Netflix registra perda de mais de 900 mil assinantes

by Logan Nelson
.fb-comments,.fb-comments span,.fb-comments span iframe[style]{min-width:100%!important;width:100%!important}

A maior plataforma de streaming tem apresentado grande perda no número de assinantes. Entenda os motivos

.fb-comments,.fb-comments span,.fb-comments span iframe[style]{min-width:100%!important;width:100%!important}

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

A Netflix divulgou recentemente seu relatório trimestral que apontou uma perda de 970 mil assinantes entre abril e junho deste ano. Já no primeiro trimestre deste ano, a plataforma havia registrado uma baixa de 200 mil usuários. Foi a primeira perda registrada em 10 anos. O streaming ainda segue no topo do setor, mas o que está acontecendo? 

De acordo com as estimativas internas da empresa, o número de assinantes deixando a plataforma deveria ser ainda maior no período, os estudos apontavam cerca de 2 milhões. Isso pode ser o resultado dos novos títulos lançados, como as temporadas de Stranger Things, Ozark e The Umbrella Academy que fazem sucesso. 

Motivos para queda no número de assinantes

No mesmo período do ano passado, o cenário era outro: 1,5 milhão de pessoas iniciaram assinaturas no streaming. Hoje, a Netflix contabiliza mais de 220 milhões de assinantes.

A queda significativa pode ser explicada por alguns fatores, tanto internos quanto externos. Um deles é o fato da proibição do compartilhamento de senhas, o que recebeu muitas críticas dos usuários. 

Além disso, os novos valores de assinatura aumentaram e estão acima dos concorrentes. O que leva muitas pessoas a migrarem suas assinaturas onde o custo benefício é maior.

A ampliação desse setor com o lançamento de novas plataformas, como HBO Max, Globoplay, Disney +, Prime Video, entre outras, é um aspecto importante nesse sentido. Atualmente, a Netflix disputa o lugar, que antes era só dela, com inúmeras outras opções. 

Sugestões para você

É preciso considerar também a conjuntura econômica mundial. O risco de uma recessão global e a Guerra na Ucrânia são elementos que impactam diretamente a vida das pessoas em todos os âmbitos. Uma família, por exemplo, que está com dificuldades financeiras precisa abdicar de algumas despesas “superficiais”, como uma plataforma de streaming. 

Netflix mais barata 

No último evento da empresa, o co-CEO, Ted Sarandos, anunciou a criação de um tipo de assinatura mais em conta. Para esse tipo serão incluídos anúncios dentro da plataforma, durante a experiência do usuário. 

Segundo Sarandos, no final de junho as propagandas já estavam sendo inseridas no serviço de streaming. 

O anúncio veio após a reclamação dos usuários sobre os altos preços e a perda do número de assinantes no primeiro trimestre. 

Preço atual da Netflix 

A Netflix oferece algumas opções de assinaturas com preços variados. Confira. 

Plano Benefício Preço 
Básico  Imagem padrão e 2 telas  R$ 25,90/mês
Padrão  Imagem Full HD e 2 telas  R$ 39,90/mês
Premium Imagem Ultra HD e 4 telas R$ 55,90/mês

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças? 

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Michael Vi / Shutterstock.com

Related Posts