Home Economize Nova presidente da Caixa Econômica é investigada por fraudes no INSS?

Nova presidente da Caixa Econômica é investigada por fraudes no INSS?

by Logan Nelson
.fb-comments,.fb-comments span,.fb-comments span iframe[style]{min-width:100%!important;width:100%!important}

Um boato que tem circulado nas redes sociais nos últimos dias diz que a presidente da Caixa possui 107 processos devido a fraudes no INSS

Imagem: rafapress / Shutterstock.com

.fb-comments,.fb-comments span,.fb-comments span iframe[style]{min-width:100%!important;width:100%!important}

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Um boato que tem circulado nas redes sociais nos últimos dias diz que a nova presidente da Caixa Econômica Federal, Daniella Marques, possui 107 processos devido a fraudes no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A situação chamou atenção, uma vez que Pedro Guimarães, enquanto presidente do banco, foi acusado de estar envolvido em crimes como assédio moral e assédio sexual.

Mas, é importante ressaltar que Daniella não é investigada por fraudes no INSS. Diferente do que dizem as postagens enganosas, ela é ré em apenas um processo, que trata de questões trabalhistas. A nova presidente da Caixa de fato aparece em oito ações na Justiça, mas nenhuma delas está ligada à Previdência Social.

Processos em que a presidente da Caixa está ligada

Daniella Marques Consentino é ré em uma ação trabalhista, aberta em 2017, que envolve a Caixa e outras companhias. A executiva também já foi ré em um processo ligado à posse de um imóvel no Rio de Janeiro, mas o caso foi arquivado.

Sugestões para você

O nome da presidente da Caixa consta em outras três ações, sendo ela mesma a responsável por mover os processos. Existem ainda mais outros três casos envolvendo o banco e Daniella, onde ambos aparecem apenas como impetrados e não como réus.

Autores das postagens podem ter confundido a presidente da Caixa com uma outra mulher

A confusão pode ter sido desencadeada porque existe uma Daniela Marques que participa de 107 ações, relacionadas a diversas áreas. Mas, nesse caso, seu primeiro nome é escrito somente com um L e não há o último sobrenome Consentino, diferente da presidente do banco. 

Através de nota, os advogados de Daniella confirmam que não há nenhum processo ligado à fraude e que não é aceitável confundir citações em sites jurídicos com homônimos. As ações que se referem à executiva são de foro íntimo.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: rafastockbr / Shutterstock.com

Related Posts