Home Geral Recusa do Ocidente de reconhecer Crimeia como russa é uma ameaça, diz Dmitry Medvedev

Recusa do Ocidente de reconhecer Crimeia como russa é uma ameaça, diz Dmitry Medvedev

by Logan Nelson

A recusa da Ucrânia em reconhecer a autoridade de Moscou sobre a Crimeia representa uma “ameaça sistêmica” à Rússia, disse o ex-presidente russo, Dmitry Medvedev, neste domingo 17. O político estendeu o alerta às potências da Organização do Tratado do Atlântico Norte.

Localizada no Mar Negro a Criméia foi anexada pela Rússia em 2014. Moscou também apoiou separatistas pró-Rússia armados na região de Donbas, leste da Ucrânia. Atualmente, Medvedev ocupa o cargo de vice-presidente do Conselho de Segurança russo.

“Se qualquer outro Estado, seja a Ucrânia ou países da Otan, acredita que a Crimeia não é russa, então é uma ameaça sistêmica para nós”, disse Medvedev a veteranos da Segunda Guerra Mundial. “É uma ameaça direta e explícita, especialmente pelo o que aconteceu com a Crimeia. A Crimeia retornou à Rússia”.

-Publicidade-

O comentários do político foram veiculados um dia depois de uma autoridade ucraniana indicar que a Crimeia pode ser um alvo para mísseis HIMARS, de fabricação norte-americana. Recentemente, Kiev mobilizou essa armas para enfrentar as forças russas

De acordo com Reuters, a Crimeia tem uma importância estratégica especial à Rússia. Apesar da maior parte do mundo ainda a reconhece como ucraniana, a península tem quartel-general da sua frota no Mar Negro, em Sevastopol.

Related Posts