Home Geral RFB apreende agrotóxicos de uso proibido no Brasil!

RFB apreende agrotóxicos de uso proibido no Brasil!

by Logan Nelson
Compartilhe

Mais de 48 mil litros de substâncias ilegais estavam escondidas em meio a uma carga de produto para tratamento de água de piscinas.

A Receita Federal realizou quarta-feira (6), em duas ações distintas, a apreensão de 24 mil litros de Paraquat (herbicida) e 24 mil litros de Endosulfan (inseticida e acaricida) que estavam escondidos junto a carga declarada como sendo de sulfato de alumínio, um composto químico utilizado para o tratamento de água em piscinas. Os dois produtos têm a comercialização proibida no Brasil devido a sua alta toxicidade. As mercadorias foram enviadas da China e tinham como destino o Brasil.

\/div>

Na primeira apreensão, o herbicida Paraquat estava acondicionado em tonéis. Os tonéis próximos à porta realmente continham sulfato de alumínio, mas os demais continham a carga de agrotóxicos ilegais, em uma evidente tentativa de driblar a fiscalização.

Já na segunda apreensão, o inseticida Endosulfan estava acondicionado em garrafas de um litro, misturadas a garrafas que continham sulfato de alumínio, tendo sido utilizado o mesmo modus operandi de colocar a carga lícita próxima à porta do container e a ilícita no restante do container.

O valor total da apreensão é de cerca de R$ 1,5 milhão. A ação contou com a participação de servidores do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que constataram com o uso de equipamentos especializados a composição química dos agrotóxicos ilegais. A Polícia Rodoviária Federal e a Força Tarefa de Segurança Pública do Mato Grosso também colaboraram com informações que levaram à apreensão.

O Paraquat tem um dos maiores valores de toxicidade aguda entre os herbicidas comerciais. Sua dosagem letal oral (LD50) em humanos é de cerca de 3 mg/kg. O Paraquat pode resultar em toxicidade agudamente grave para todos os órgãos e resultar em morte dentro de 24 horas após a ingestão, não existindo antídoto eficaz. O banimento do produto no Brasil foi determinado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em 2017.

O inseticida/acaricida Endosulfam está banido do Brasil desde 31 de julho de 2013, quando foi proibida a venda e o uso deste organoclorado. O banimento decorre da alta persistência ambiental e periculosidade, bem como sua relação com distúrbios hormonais e incidência de câncer.

Original de GOV.BR

Related Posts