Home Economize Servidores federais se mobilizam por reajuste salarial

Servidores federais se mobilizam por reajuste salarial

by Logan Nelson
.fb-comments,.fb-comments span,.fb-comments span iframe[style]{min-width:100%!important;width:100%!important}

Nesta semana tiveram início as mobilizações dos servidores federais para que o governo reajuste seus salários em 2023

.fb-comments,.fb-comments span,.fb-comments span iframe[style]{min-width:100%!important;width:100%!important}

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Na tarde desta segunda-feira (1º) tiveram início as mobilizações dos servidores federais para que o governo reajuste seus salários em 2023. A organização das ações, que devem ir até quinta-feira (4), está sendo feita pela Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef), juntamente com centrais sindicais.

Semana de “contra-cheque”

Denominada de semana de “contra-cheque”, a iniciativa busca pressionar deputados e senadores a determinarem a recomposição salarial dos servidores públicos na Lei Orçamentária (LOA), que deve ser discutida em setembro.

“Diante da frustração diante dos quatro anos do governo Bolsonaro, que de forma premeditada deixou congelado os salários dos servidores e a movimentação do Congresso, vamos atuar com esforço concentrado para pressioná-los para reservar algo para o reajuste salarial”, afirmou o secretário-geral da Condsef, Sérgio Ronaldo da Silva.

Sugestões para você

A concentração dos servidores na segunda e terça-feira será no Aeroporto de Brasília, onde os deputados e senadores serão recepcionados pela mobilização. Ainda na terça-feira, haverão atos no Senado e no Ministério da Economia.

“O Ministério da Economia paga PEC, paga benefícios, mas não reajusta salário dos servidores. Vamos nos mobilizar lá por ser a pasta responsável por todas as finanças do país.” disse Silva.

Também haverá mobilizações na frente do Supremo Tribunal Federal (STF) e no Congresso Nacional na quarta-feira. Já na quinta-feira, último dia dos atos, será feita uma reunião da confederação para fazer um balanço da iniciativa.

LDO

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2023, que foi aprovada pelo Congresso Nacional no início de julho, não prevê o reajuste salarial para os servidores federais. Contudo, o texto prevê o reajuste para policiais federais, rodoviários e agentes penais, simpatizantes do presidente Jair Bolsonaro (PL).

“Estamos apenas pedindo um reajuste salarial corrigido pela inflação. Nos últimos quatro anos não tivemos nada de aumento. Estamos solicitando 25% de reajuste, ou seja, o percentual inflacionário dos últimos anos”, completou Sérgio.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal no YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Instagram e Twitch. Assim, você acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: rafastockbr / Shutterstock.com

Related Posts