Home Economize Vai usar sua conta da Netflix em outra casa? A conta vai ficar mais cara!

Vai usar sua conta da Netflix em outra casa? A conta vai ficar mais cara!

by Logan Nelson
.fb-comments,.fb-comments span,.fb-comments span iframe[style]{min-width:100%!important;width:100%!important}

A Netflix anunciou que haverá uma cobrança extra aos usuários de cinco países da América Latina que acessarem suas contas em mais de uma casa.

.fb-comments,.fb-comments span,.fb-comments span iframe[style]{min-width:100%!important;width:100%!important}

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Nesta segunda-feira (18), a Netflix anunciou que haverá uma cobrança extra aos usuários de cinco países da América Latina que acessarem suas contas em mais de uma casa, de acordo com um comunicado divulgado pela gigante do streaming.

Países da América Latina

Dessa forma, os clientes da Netflix na Argentina, El Salvador, Guatemala, Honduras e República Dominicana que acessarem o serviço em mais de uma residência deverão pagar um adicional que varia entre US$ 1,70 e US$ 2,99, dependendo do país. 

Dependendo do tipo de assinatura, o serviço poderá ser acessado de uma a três casas adicionais diferentes. De acordo com a empresa, também será possível acessar a plataforma durante viagens por meio de tablet, notebook ou celular.

“Estamos explorando com cuidado diferentes maneiras para que as pessoas que querem compartilhar suas contas paguem um pouco mais”, explicou a Netflix por meio de comunicado.

Sugestões para você

Em março deste ano, foi lançado pela Netflix o recurso de adição de membros da assinatura no Peru, Chile e Costa Rica. “A partir do próximo mês vamos lançar uma alternativa de adição de residência na Argentina, República Dominicana, El Salvador, Guatemala e Honduras”, pontuou a empresa.

Cobrança extra no Brasil

Ao ser procurada no Brasil, a empresa afirmou somente que “o Brasil não está incluído entre os países em que a regra (de moradia extra) será adotada” e remeteu ao comunicado da matriz nos Estados Unidos.

Perda de clientes

De acordo com a Similarweb, empresa de análise do mercado de mídia digital, nos últimos três anos, a Netflix perdeu cerca de 25% de seu tráfego de streaming para outras plataformas de conteúdo.

Desde que a Netflix perdeu clientes pela primeira vez em 10 anos, os cancelamentos continuam a subir. Assim, em abril, pelo menos 1,7 milhão de assinaturas foram canceladas, de acordo com a empresa.

Contudo, no restante do segundo trimestre, o ritmo de cancelamentos recuou, com a perda de 1,6 milhão de assinantes em maio. Já em junho, foram 1,3 milhão cancelamentos, de acordo com a Similarweb. A redução de cancelamentos pode estar relacionada ao lançamento da quarta temporada de “Stranger Things” em maio.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal no YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Instagram e Twitch. Assim, você acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Vantage_DS / Shutterstock.com

Related Posts